AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Entrevista do dia
Entenda como a mudança do cálculo da tarifa impacta no transporte público da grande Curitiba 02 de agosto de 2022 - 12:55

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) realizou, uma consulta pública sobre a metodologia de reajuste da tarifa técnica do transporte público da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A abertura do processo foi aprovada em reunião do Conselho Diretor da Agepar e tem como objetivo possibilitar que qualquer cidadão possa apresentar contribuições sobre o assunto. A metodologia que a Comec utilizou até 2019, homologada pela própria Agepar, está em processo de mudança. Mas, para especialistas, a mudança não é adequada no momento. 

A mudança do cálculo da tarifa técnica pode trazer prejuízos aos usuários, com cortes na operação e risco de paralisação dos serviços em função da redução brusca do custo do sistema. A Agepar utiliza um método retroagindo a tarifa de 2017, a mesma que a própria AGEPAR homologou com base no cálculo da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba - Comec. 

A Associação Nacional dos Transportes Públicos - ANTP  tem publicado uma metodologia de cálculo para o transporte público urbano, que diferentemente dos modelos adotados pela Agepar, são uma base técnica e publicada. Em se tratando de um período que antecede a licitação do transporte metropolitano, uma modificação brusca gera mais incerteza na operação do sistema.

No Manhã da Mais a apresentadora Carol Chab conversou com o mestre em engenharia de transportes e professor do curso de Engenharia Civil da Universidade Positivo Hugo Alexander Martins Pereira que explica como o aumento da tarifa prejudica os usuários.

(Foto: Canva)

Tags: Transporte Público Região Metropolitana de Curitiba Terminal de Ônibus Ônibus

Relacionados

Desenvolvido por: