AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Notícias da Mais
PCPR esclarece crime de homem assassinado em ponto de ônibus de Curitiba 02 de outubro de 2019 - 09:39
(Foto: Divulgação) 



A Polícia Civil do Paraná (PCPR) cumpriu um mandado de prisão preventiva, na sexta-feira (27), contra Raquel da Silva, de 36 anos, suspeita de participação no homicídio de Edenilson Freire, 48, em Curitiba. O crime aconteceu no dia 31 de agosto desse ano, no bairro Campo Comprido. 

Segundo consta no inquérito policial, a vítima teria agredido a suspeita presa e outra mulher durante uma briga, um dia antes do assassinato. No dia do crime, a vítima estava em um ponto de ônibus quando criminosos se aproximaram em um veículo. Imagens de câmeras de segurança mostram o momento que um veículo Ford/Fiesta de cor preta se aproxima do ponto, em seguida um jovem desce do carro e atira contra a vítima, que morre no local. A suspeita presa também aparece nessas imagens saindo do carro. 

Ainda de acordo com a investigação, após o crime, um policial militar teria visto a movimentação estranha do Fiesta e avisado viaturas que estavam na região. Em uma tentativa de abordagem, o veículo acabou fugindo pela região do bairro Vila Sandra, dando início a uma perseguição que resultou na morte dos dois ocupantes do carro.

Eles foram identificados como Alisson Martins Rodrigues, vulgo “Purunga”, 25, e Leonardo William Oliveira Loyola Moura da Silva, 19. Purunga seria o atirador do crime que matou Freire. O outro jovem seria o motorista do veículo. Conforme apurado, minutos antes desse confronto, eles teriam deixado a suspeita na casa dela.

Um outro jovem de 18 anos foi apreendido por ser o proprietário do carro usado no assassinato. Ele já responde com medidas socioeducativas por crimes cometidos antes de atingir a maioridade. A mulher segue presa e está à disposição da Justiça.


(Fonte: Polícia Civil do Paraná)

Desenvolvido por: